Estrela de Westworld abre o jogo sobre bissexualidade e tentativa de suicídio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Evan Rachel Wood abriu o coração e falou sobre sua bissexualidade durante uma premiação de Direitos Humanos na Carolina do Norte, em que foi homenageada.

“Eu achava que as mulheres eram lindas”, declarou a atriz de 29 anos, afirmando que sua atração pelo mesmo sexo começou aos 12 anos. “Mas porque eu nasci assim, nunca parei para pensar que era estranho ou existia algo a se temer”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A estrela da série Westworld, no entanto, confessou que “enterrava” seus verdadeiros sentimentos como resultado de discurso de ódio contra gays que a rodeava. Confundida também por sua atração por homens, Wood admite que já pensou em tirar a própria vida.

“Eu também achava os homens bonitos. Houve um tempo, apesar do que eu aparentava ser na superfície, que o medo me agarrou de uma maneira tão forte, que eu me sentia quebrada e indigna de amor. E não achava que eu veria o amanhã”, disse Wood, que assumiu seu bissexualidade no Twitter em 2012.

“Mas por causa das vozes que escutava, por causa das pessoas com quem eu me identificava, os filmes que eu assistira, a música que eu ouvira, por causa de palavras como ‘bissexual’, e as portas que se abriram para mim, ainda estou aqui. E eu não perdi a coisa mais linda que já vi, que é o meu filho”, finalizou a atriz, em um discurso emocionante.

Assista ao poderoso discurso de Evan Rachel Wood:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio