Roman Polanski procura apoio de vítima do estupro para retornar aos EUA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Roman Polanski buscou uma nova investida para tentar retornar aos Estados Unidos sem ter que cumprir sua pena por ter estuprado uma jovem de 13 anos em 1977. Em audiência Tribunal Superior de Los Angeles nesta terça-feira, dia 25, vice-procurador de Los Angeles, Michele Hanisee, afirmou que Samantha Gailey quer “a transcrição de Gunson disponibilizada ao Sr. Polanski e ser tornada pública”.

Samantha é a vítima de Polanski no caso de 77 e segundo o Deadline.com, o advogado do cineasta, Harland Braun, foi quem enviou um e-mail com uma correspondência de Samantha Gailey. A transcrição de Gunson se refere a um vídeo gravado em 2010 no qual envolve o ex-deputado de Los Angeles Roger Gunson e teria informações para o caso, que voltará ao tribunal dia 9 de junho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O envolvimento de Samantha Gailey no caso não é exatamente uma novidade, já que ela recentemente revelou que o exílio dos EUA, coração do mercado cinematográfico, por tantos anos já seria uma punição justa ao diretor. Nos anos 1990 ambas as partes também chegaram a um acordo financeiro no valor de 500 mil dólares.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio