Mahershala Ali diz que fé islâmica o torna um ator melhor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mahershala Ali, que fez o lobista Remy Danton em House of Cards e ganhou um Oscar de melhor ator coadjuvante por seu trabalho em Moonlight: Sob a Luz do Luar, falou à revista GQ sobre como a fé islâmica contribui para seu desempenho como artista.

“Me beneficia porque ajuda a realmente criar empatia pelos personagens que tento incorporar, outros seres humanos com questões tão profundas e pessoais como eu mesmo”, disse o ator. “Por causa do islã, eu na verdade tenho consciência de que sou uma obra em progresso”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator, de 43 anos, disse ainda que a religião “faz uma pressão saudável em você, para que seja seu melhor, começando com seu próprio espírito e em como isso alimenta suas ações”.

Mahershala é uma abreviação do nome de batismo do artista, Mahershalalhashbaz. Após os eventos de 11 de setembro de 2001, o ator chegou a ser incluído numa lista de monitoramento, devido a seu nome peculiar. “Me diziam: ‘seu nome é igual ao nome de um terrista’”, disse o ator. “Que terrorista anda por aí com um primeiro nome hebraico e um sobrenome árabe?”

Ali se converteu ao islamismo durante o período em que fez faculdade. Seu próximo filme a chegar aos cinemas será Battle Angel Alita, dirigido por Robert Rodriguez e produzido por James Cameron, que estreia em 2018. Com informações da PageSix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio