Astros de Hollywood atacam decisão de Donald Trump em banir transgêneros do militarismo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, escreveu em seu Twitter oficial sua decisão de banir transgêneros do militarismo no país. E a decisão do político deixou diversas estrelas de Hollywood indignadas. Rapidamente astros como George Takei, Dustin Lance Black, Zoe Kazan e Andy Cohen reagiram contra as declarações de Trump.

“Após consulta com os meus Generais e especialistas militares, tenha em atenção que o Governo dos Estados Unidos não aceitará ou permitirá que os indivíduos transgêneros atuem em qualquer capacidade nos militares dos EUA. Nossas forças armadas devem se concentrar na vitória decisiva e esmagadora e não podem ser sobrecarregadas com os tremendos custos e interrupções médicas que os transgêneros envolvem. Obrigado”, escreveu o presidente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira algumas das reações de celebridades após o anúncio:

“Trump está banindo todos os transgêneros das forças armadas. Para aqueles que acreditavam que Trump seria amigo dos LGBTs, ainda há tempo de admitir você foi enganado.”, disse Takei. “Donald: Com sua proibição de pessoas trans entre os militares, você está avisando que você apenas irritou a comunidade errada. Você vai se arrepender disso”, completou.

“Toda única pessoa trans que tenha servido ou servirá em nossas forças armadas é mais corajosa, mais forte e um patriota melhor e humano do que o Donald Trump”, desabafou Zoe Kazan.

“Não. Meu Deus. Isso deve ser desafiado”, escreveu Mia Farrow.

“Estou começando a pensar que eles não sabem o que essas cartas realmente representam”, disse Seth Rogen, citando um texto da filha de Trump, Ivanka Trump.

“Você está tentando ser um babaca?”, escreveu Andy Cohen.

“Eu cresci em uma equipe militar com um membro LGBT servindo nas sombras. Não podemos deixar Donald Trump voltar o relógio em nossos bravos soldados trans”, lamentou Dustin Lance Black.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio