J.K Rowling detona Donald Trump nas redes sociais: “Monstro do narcisismo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Donald Trump parece mesmo não cansar de aumentar sua coleção de desafetos com celebridades. Desta vez, foi J.K Rowling, autora da série Harry Potter, que faz duras críticas ao presidente dos Estados Unidos através de sua conta no Twitter.

A motivação de Rowling foi um vídeo em que Trump parece ignorar uma criança em uma cadeira de rodas. No entanto, ela se confundiu, já que, no vídeo em questão, Trump cumprimenta e conversa com a criança (veja mais abaixo).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A escritora relembrou as outras ocasiões em que Trump desrespeitou pessoas com deficiência e outras minorias publicamente.

“Trump imitou um repórter incapacitado. Agora ele finge não ver uma criança em uma cadeira de rodas, como se estivesse assustado em poder pegar esta condição. Este monstro do narcisismo valoriza apenas ele e seus reflexos pálidos. Os deficientes, minorias, pessoas transgênero, pobres, mulheres (a não ser que se relacionem com ele por laços de sangue e, portanto, suas criações) são tratados com desprezo, porque não se assemelham a Trump.”

“Minha mãe usava uma cadeira de rodas. Eu testemunhei as pessoas incomodadas em torno de sua deficiência, mas se eles tivessem um pingo de decência, superariam. “Então, sim, esse clipe de Trump olhando deliberadamente sobre a cabeça de uma criança com deficiência, ignorando sua mão estendida, tocou meu ponto fraco. Esse homem ocupa o escritório mais poderoso do mundo livre e seus ataques diários contra as normas civilizadas estão tendo um efeito corrosivo. Quão impressionante e quão horrível é que Trump não pode se livrar da mão de um menino pequeno que só queria tocar o presidente.”

Confusão – É bem provável que a escritora tenha visto uma edição feita para dar a impressão de que o presidente ignorou a criança. O episódio chama atenção para a importância de checar toda informação antes de repecurtí-la.

Em tempos de guerra de imagem política através das redes, todo tipo de distorção intencional é produzida para atacar ou defender pessoas.

A mesma internet que possibilita a disseminação das confusões também permite esclarecê-las: só depende de como utilizar.

De qualquer modo, é evidente que os ataques de Rowling a Trump não foram motivados por esse episódio isolado, já que, de fato, o empresário e político costuma proferir grosserias, ideias retrógradas, preconceitos e ofensas contra as minorias.

Veja abaixo o vídeo (Trump cumprimenta a criança com deficiência em 2:20):

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio