A batalha legal entre Johnny Depp e a The Mandel Company, que o agenciou por décadas de sua carreira, continua a todo vapor na justiça americana.

Nessa segunda-feira (10), a juiza Teresa Baudet decidiu aceitar a denúncia de fraude contra o astro imputada pelos agentes – segundo ela, os gastos excessivos não declarados por Depp caracterizam a denúncia como válida.

De acordo com o Deadline, o caso deve ir a julgamento em janeiro de 2018, caso as duas partes não atinjam um acordo até lá.