a atriz Jada Pinkett Smith, esposa de Will Smith, fez uma revelação e tanto. Ela confessou que era traficante de drogas quando conheceu o rapper Tupac, que morreu em 1996. Ela contou o segredo em entrevista ao programa de rádio Sway in The Morning.

“Eu não contei toda a minha história. Algo que nunca disse antes é que quando conheci o Tupac eu era uma traficante”, afirmou a atriz. “Não vou entrar em detalhes, pretendo escrever um livro sobre isso, mas foi assim que ficamos amigos”, explicou, ao falar sobre Tupac.

Segundo ela, na época que conheceu o rapper já estava tentando parar de vender drogas. “Eu estava saindo dessa vida e ele entrando cada vez mais”, lamentou. Recentemente Jada havia criticado a abordagem feita na cinebiografia do cantor sobre sua amizade com ele.