Shia Labeouf já foi liberado da prisão na Georgia, onde está rodando seu próximo filme (intitulado The Peanut Butter Falcon), após ser acusado de desordem pública ao aparecer bêbado em um lobby de hotel. Mas o vídeo de sua prisão foi divulgado pela polícia local apenas nesta terça-feira (11).

E no vídeo o ator aparece visivelmente alterado e chega até a gritar como o policial que está lhe algemando. “O que eu fiz, senhor?”, indaga o ator. “Tenho direitos, sou americano. Você me pegou no meu hotel, me prende no meu hotel por fazer o que, senhor?”, continuou, antes de começar o festival de palavrões.

“Não, não podemos conversar. Tire essas algemas. Sou a p*** de um americano. Eu pago impostos. Pegue esta m***a da p*** do meu braço… Você vai tirar essa m***a no meus braços ou estará f***do”, esbravejou. Depois o ator resolveu atacar até mesmo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.


“Por quem você está lutando? Você recebeu um presidente que está pouco se fo***do sobre você e você está preso em uma força policial que está pouco se fo***do sobre você, então você quer prender pessoas brancas que se importam e que pedem cigarros?”, desabafou.

Confira o vídeo do momento da prisão:

https://www.youtube.com/watch?v=39h8W3ddrkc

O ator pagou US$7.000 para sair da cadeira, o equivalente a quase R$23.000.

Shia foi preso em 2008 por dirigir bêbado em Hollywood, novamente em 2014 e 2015 também por desacatado e desordem pública, e até mesmo esse ano o ator foi para trás das grades por agredir manifestante contrário em um protesto que ele organizou contra Donald Trump, presidente dos Estados Unidos.