Filha de Carrie Fisher se abre sobre morte da mãe: “É estranho não viver mais na sombra dela”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Billie Lourd, atriz e filha de Carrie Fisher, se abriu pela primeira vez sobre a vida após a morte da mãe, no final de 2016. Em entrevista à revista Town & Country, ela citou que o luto veio com uma estranha sensação de liberdade.

“Eu sempre vivi na sombra dela, e acho que essa é a primeira vez que consigo ter minha própria identidade. Eu amo ser filha da minha mãe e tudo o que isso significa, mas ao mesmo tempo que é estranho não estar na sombra dela, é liberador”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Há muita pressão, é claro, porque o legado dela é tão gigantesco. Eu não quero decepcionar ninguém. Quando era criança minha mãe me puxava de lato nos sets de filmagens e me dizia que eu estava muito confortável lá. Ela me dizia que eu deveria seguir essa profissão, porque ela seguiu, e para ela era muito desconfortável”, riu ainda.

Além da mãe, Lourd perdeu também a avó, a lendária atriz Debbie Reynolds.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio