Gal Gadot, a Mulher-Maravilha, conta experiências com machismo: “Se você não é feminista, é machista”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em nova entrevista a Rolling Stone, a atriz Gal Gadot, que interpreta a Mulher-Maravilha, se abriu sobre suas experiências com machismo, a começar pelos fãs da personagem que reclamaram de seu corpo quando ela foi escalada para o papel.

“Se vocês querem ser exatos, as amazonas só tinham um seio. Então, o problema é que eu tenho peitos pequenos, e um bumbum pequeno? Claro que isso vai fazer toda a diferença”, ironizou a atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É claro que eu tive momentos em que algumas atitudes de homens me incomodaram. Não estou dizendo que aconteceu nada sexual, mas no sentido de me subestimarem ou me dispensarem como alguém que não vale a pena. Minha vida como mulher nesse mundo não foi um mar de rosas”, disse ainda.

“As pessoas sempre me perguntam se eu sou feminista, principalmente depois do lançamento do filme, e isso me surpreende. É claro que sou. Se você não é feminista, é machista. Eu sempre fui ensinada que preciso me dar valor e acreditar que sou capaz”, completou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio