Susan Sarandon diz que prioriza ativismo político à carreira de atriz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aos 70 anos, Susan Sarandon está em um de seus melhores momentos da carreira – indicada ao Emmy por Feud: Bette and Joan e escalada para a continuação de Perfeita é a Mãe e para o próximo filme de Xavier Dolan.

Ao mesmo tempo, segundo uma entrevista dela ao The Tonight Show, a atuação não é sua prioridade no momento. “É como se preocupar se o seu sutiã está aparecendo quando está fugindo de um prédio em chamas”, explicou. “Meu foco é no prédio em chamas, na nossa situação política”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz ficou conhecida por aparecer em protestos de causas democratas e progressistas por todo os EUA. “Eu vou ser mulher por muito mais tempo do que serei atriz. Vou ser mãe por muito mais tempo do que serei atriz”, disse ainda.

A atriz ainda se pronunciou sobre os protestos neonazistas em Charlottesville, EUA, durante o fim de semana, e a morte da ativista Heather Heyer durante o acontecido.

“Heather escreveu em seu Facebook pouco antes de morrer: ‘Se você não está revoltado, não está prestando atenção’. Acho que essa é uma oportunidade incrível para as pessoas começarem a prestar atenção e ter essas conversas. Todo mundo ficou quieto quando Standing Rock [reserva indígena invadida por empresas de petróleo] aconteceu. Ninguém cobriu o que aconteceu lá”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio