Taylor Swift será testemunha em julgamento de DJ que acusou de assédio sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Taylor Swift vai testemunhar em um processo movido por ela no qual acusa um DJ de assédio sexual.

O caso ocorreu em 2013, mas será finalmente resolvido nos tribunais a partir dessa segunda-feira (07). Swift fará seu depoimento no primeiro dia do julgamento, que deve durar duas semanas, segundo o Boston Herald.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na época, Swift acusou o radialista David Mueller de passar a mão em seu bumbum sem consentimento. O radialista foi demitido e processou a celebridade a acusando de mentir e pedindo reparações pelos danos morais e financeiros sofridos por ele.

Enquanto Muller pede 3 milhões de dólares de indenização, Swift quer um milhão de dólares.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio