Leonardo DiCaprio critica posição de Donald Trump sobre aquecimento global: “É fato, é ciência”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leonardo DiCaprio falou pela primeira vez abertamente sobre sua discordância com o presidente dos EUA, Donald Trump, acerca da questão do aquecimento global. O ator, que é ativista pelo meio ambiente, teve uma reunião com Trump no começo do ano para apresentar alternativas energéticas para o país.

“Nós apresentamos a ele um plano compreensivo para a abordar a mudança climática, ao mesmo tempo em que acumulamos o potencial de vagas de trabalho geradas por novas fontes de energia”, contou DiCaprio em entrevista à Time.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Poucos meses depois, o ator seria “pego de surpresa” pelo anúncio de Trump de que os EUA sairiam do Acordo de Paris, que impunha limites de poluição a todos os países do mundo. O astro condenou a negação do presidente sobre o problema do aquecimento global.

“São fatos. É ciência. Não podemos ter alguém no poder que negue isso. Estamos em um ponto importantíssimo para o nosso planeta, estamos chegando ao limite. Depende da nova geração fazer isso acontecer”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio