Sinead O’Connor fala sobre depressão e abusos na infância: “cansei de ser definida como uma louca”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora irlandesa Sinead O’Connor, famosa, entre outros trabalhos, por sua versão da canção “Nothing Compares 2 U“, falou sobre aspectos delicados de sua vida pessoal em entrevista ao programa Dr. Phill.

“Estou farta de ser definida como uma pessoa louca, a sobrevivente de abuso infantil”, diz a artista em vídeo teaser da entrevista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz já havia feito declarações sobre problemas com depressão, desejos suicidas e um histórico de abusos físicos e sexuais sofridos pelas mãos de sua própria mãe.

“O que eu mais amo em minha mãe é que ela está morta”, disse O’Connor. “Ela tinha uma câmara de tortura. Era uma pessoa que sentia prazer em te ferir”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio