O ator Corey Feldman há muito trabalha para expor o que ele chama de um “círculo de pedofilia” em Hollywood – ele se tornou famoso na terra do cinema ainda jovem, em papeis em Os Goonies e Os Garotos Perdidos, entre outros clássicos dos anos 80.

Feldman clama ter passado por abusos sexuais durante o auge de sua fama, que levaram ao seu vício em drogas e outros problemas psicológicos. Agora, ele busca ajuda para fundar o que chama de Corey Feldman Truth Documentary, um projeto cinematográfico que exporia os abusadores de Hollywood.

“Eu disse a vocês alguns dias atrás que tinha um plano para tentar jogar luz sobre o que está acontecendo no mundo do entretenimento. Estou falando de pervertidos e pedófilos e todos esses tópicos que temos discutido recentemente”, diz em um vídeo sobre o projeto, que você pode assistir mais abaixo.


“Desde que comecei a discutir esse projeto, minha vida se tornou um caos. Eu fui preso, passei por uma experiência de quase morte, e muito mais coisa aconteceu comigo que vocês não sabem. Eu foi silenciado minha vida toda por Hollywood”, diz ainda o ator.

“Pela minha experiência apenas, posso dar seis nomes de executivos poderosos na indústria, um deles muito conhecido até hoje. Tenho uma história que chega até o topo dos estúdios”, ameaça.

Feldman pede por US$10 milhões para fundar seu documentário – veja a campanha aqui.