Cantor que presenciou tiroteio em Las Vegas descreve a cena: “Puro caos e sangue”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor country Jake Owen, que se apresentou no festival de música no qual o tiroteio em Las Vegas aconteceu, no domingo (01), descreveu à EW a cena no momento em que o atirador abriu fogo no público, do 32º andar de um hotel próximo.

“Puro caos e sangue por 10 minutos”, disse. “Havia sangue em todo mundo, e você podia ver pessoas jogadas na rua, que pareciam estar mortas. Foi caótico. Foi como um filme, algo que você não espera ver na vida real”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu fiquei em torno de cinco minutos na rua até conseguir chegar a um ônibus no estacionamento com minha equipe. Quando entrei no ônibus, nos jogamos no chão e nos escondemos, porque ainda ouvíamos tiros do lado de fora. Não foi algo rápido”, disse ainda.

Owen se apresentou antes do cantor Jason Aldean, que estava no palco quando o tiroteio começou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio