Cara Delevingne diz que foi assediada por Harvey Weinstein: “Ele tentou me beijar”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após declarações de nomes famosos como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Asia Argento, Ashley Judd, Rose McGowan e Mira Sorvino, mais uma atriz conhecida se juntou ao grupo de mulheres que acusa o produtor Harvey Weinstein de assédio sexual.

Trata-se de Cara Delevingne, a Magia de Esquadrão Suicida, conta que foi a uma reunião em um hotel que teria sido arranjada para que atriz e produtor acertassem novos projetos após a colaboração no filme Amor & Tulipas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, quanto Delevingne chegou ao hotel, Weinstein pediu que ela subisse ao seu quarto. “Lá, havia uma outra mulher nos esperando. Ele pediu para que a gente se beijasse, e ela começou a avançar em cima de mim. Eu me levantei e rapidamente inventei algum motivo para sair do quarto”, disse.

“Ele me acompanhou até a porta e ficou na minha frente, pedindo que eu o beijasse antes de sair. Eu dei um jeito de sair do quarto”, contou ainda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio