Mark Wahlberg se arrepende de ter interpretado um astro pornô no filme Boogie Nights: Prazer Sem Limites, que alavancou sua carreira de ator ao ser lançado em 1997.

Wahlberg, que é católico devoto, disse em entrevista ao Chicago Tribune: “Eu sempre espero que Deus seja um fã de cinema e também me perdoe, porque fiz algumas escolhas duvidosas no meu passado”, disse.

Durante a participação em um evento para jovens católicos ao lado do cardeal Blase Cupich de Chicago, Wahlberg também falou sobre o tempo que passou na prisão por agressão quando era adolescente, e descreveu a experiência como “um despertar”.


“Sinto remorso por ter cometido erros”, disse Wahlberg ao público. “Se eu pudesse voltar atrás e mudar muitas coisas que eu fiz, eu faria. Agora procuro maneiras de retribuir”.