Funcionários da Mansão Playboy não foram convidados para o funeral de Hugh Hefner, fundador da revista e habitante da casa, segundo o site Page Six.

O funeral do empresário em Los Angeles no sábado (30), quando Hefner foi enterrado ao lado da estrela Marilyn Monroe, não incluiu vários membros do que ele chamada de “família Playboy”.

“Há uma ligação real entre as pessoas que estiveram envolvidas com a Playboy, e a mansão, e Hefner”, diz uma fonte do site. “No passado, houve tentativas de manter todo mundo junto”.


Segundo a fonte, conforme a saúde de Hefner piorou, os funcionários foram cada vez mais alienados do convívio do empresário.