Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon, “roubou” o lugar de Bill Gates no topo da lista de homens mais ricos do mundo nessa sexta (27).

Após o anúncio de um lucro acima do esperado no terceiro quarto financeiro de 2017, as ações da Amazon subiram 11% na bolsa de valores de Nova York, puxando a fortuna de Bezos para além da de Bill Gates.

Bezos vale atualmente US$91.6 bilhões (ou R$301 bilhões), um pouco a mais que os estimados US$90 bilhões (R$296 bilhões) redondos do fundador da Microsoft.


Começando como uma empresa de comercialização on-line de livros e desde então se expandindo para a produção de séries, filmes e outros negócios, a Amazon é hoje uma das grandes empresas de tecnologia do mundo.