Gal Gadot cancelou sua participação no Tree of Life Award, evento no qual ela entregaria um prêmio ao diretor Brett Ratner (Hércules) pelo conjunto de sua obra.

Segundo informou a Monet, o cancelamento da participação da atriz se deu devido ao fato das acusações de assédio da atriz Olivia Munn (X-Men: Apocalipse) contra Ratner retornarem à mídia.

As acusações ocorreram em 2010, quando Munn relatou que o diretor teria se masturbado na sua frente. Na época, Ratner disse que a atriz estava chateada porque os dois teriam terminado um namoro, mas ele confessou tempo depois que mentiu sobre o relacionamento. Agora, graças à repercussão do caso de Harvey Weinstein, as acusações voltaram à mídia.


Um representante do Tree of Life Award disse que Gadot teria ficado impossibilitada de sair da China, local onde está divulgando Liga da Justiça, e devido a isso não conseguiria participar do evento. Entretanto, o cancelamento da participação da atriz se deu apenas poucas horas depois do caso de Ratner voltar à mídia, aumentando as suspeitas de que a atriz tenha preferido se manter longe da polêmica.