A jornalista Sharon Waxman, que hoje trabalha com o TheWrap, publicou uma matéria clamando que chegou a fazer investigações no ano de 2004 sobre rumores de assédio sexual envolvendo o megaprodutor Harvey Weinstein.

Weinstein foi finalmente exposto em uma matéria publicada na semana passada, em que mais de uma dúzia de mulheres clamaram ter sofrido assédio sexual nas mãos do dono da The Weinstein Company, que produziu filmes prestigiados como Shakespeare Apaixonado e Pulp Fiction.

Segundo Waxman, que na época trabalhava para o The New York Times, Matt Damon e Russell Crowe estão entre os figurões de Hollywood que a ligaram diretamente para encorajá-la a parar sua investigação.


No fim das contas, conta Waxman, o The New York Times não publicou sua investigação. Damon e Crowe trabalharam várias vezes com Weinstein, em filmes como Gênio Indomável (1997) e Mestre dos Mares (2003), respectivamente.