Neil deGrasse Tyson, físico conhecido pela série Cosmos, é acusado de estupro por ex-colega de faculdade

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tchiya Amet, ex-aluna da Universidade do Texas, nos EUA, acusou Neil deGrasse Tyson, físico conhecido por apresentar a série Cosmos: Uma Odisseia do Espaço-Tempo, de estupro durante os anos 1980.

Amet usou a hashtag #metoo (eu também), na qual vítimas compartilharam suas histórias de assédio sexual, para contar sua própria experiência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde 2014 ela tem relatado o abuso nas redes sociais e em seu blog pessoal. Segundo Amet, o episódio aconteceu quando ela e deGrasse estudavam juntos.

“Eu era uma estudante de astronomia durante o mesmo período que o sr. Tyson estava lá. Meu sonho era me tornar a primeira astronauta negra”, escreve ela em seu site. “Eu fui visitá-lo [Neil] em seu apartamento como fazia quase todos os dias. Ele era uma espécie de irmão mais velho para mim, ou pelo menos era o que eu pensava.”

A artista afirma que, ao chegar no apartamento de Tyson, ele lhe ofereceu água — e ela aceitou. “Eu lembro de recuperar minha consciência momentaneamente e a próxima coisa da qual me lembro é de vê-lo no corredor no dia seguinte”, confessa, implicando que Tyson a drogou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio