Aaron Sorkin diz que ligação da falecida Carrie Fisher o ajudou a largar as drogas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O roteirista Aaron Sorkin é conhecido por suas criações geniais, como a série The West Wing e os filmes A Rede Social e Steve Jobs, entre muitos outros, mas confessou em entrevista que poderia não ter nada disso em sua vida hoje em dia se não fosse por uma amiga especial: Carrie Fisher.

Fisher, conhecida por interpretar a Princesa Leia nos filmes de Star Wars, faleceu em dezembro de 2016, e passou anos afundada nas drogas durante a juventude – assim como Sorkin, que revelou estar há 17 anos sóbrio graças à ajuda da amiga.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ela me ligou um dia e disse: ‘Aaron, eu sei que você acha que não vai conseguir escrever se parar de se drogar, mas confie em mim: Não só você vai conseguir, como sua escrita vai ficar melhor’”, contou o roteirista ao THR.

“O problema com as drogas é esse: Elas funcionam e te ajudam até o exato momento em que começam a destruir sua vida”, disse Sorkin.

O roteirista estreou na direção em A Grande Jogada, com Jessica Chastain e Idris Elba, um concorrente ao Oscar 2018 – veja o trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio