Após caso Weinstein, BBC recebeu e está investigando 25 denúncias de assédio sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A emissora britânica BBC viu um aumento substancial de denúncias de assédio sexual após o caso Harvey Weinstein, em que mais de 50 mulheres acusaram o poderoso produtor hollywoodiano de assédio e/ou estupro.

Nessa terça (07), a BBC virou assunto no parlamento britânico após o anúncio de uma das parlamentarem de que a emissora atualmente investiga nada menos que 25 denúncias de assédio sexual, todas feitas no último mês.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não seria a primeira vez que a emissora se vê em meio a uma polêmica do tipo. As revelações de que o amado apresentador infantil Jimmy Saville molestou centenas de pessoas – incluindo crianças – durante décadas abalaram a Inglaterra alguns anos atrás.

Após assumir a posição de diretor geral da emissora, Tony Hall se desculpou às vítimas de Saville oficialmente e prometeu uma política mais restrita quanto a denúncias de assédio sexual.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio