Estúdio de Harvey Weinstein deve R$ 150 milhões a empresa de empréstimos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após os escândalos de assédio sexual e estupro que recaíram sobre o produtor Harvey Weinstein, o estúdio fundado por ele e por seu irmão, Bob, está sob fogo cerrado e a perigo de falir.

A The Weinstein Company agora está sendo processada pela AI International Holdings, uma empresa financeira que emprestou US$ 45 milhões (R$ 148 milhões) ao estúdio em setembro de 2016.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Devido a recentes eventos, a Weinstein Company parou de pagar os juros do empréstimo, e agora a AI está acionando uma cláusula do contrato que demanda o retorno de 100% do dinheiro emprestado em casos de “eventos extraordinários”.

Harvey foi demitido da empresa, agora controlada apenas por seu irmão, e a maioria dos lançamentos da Weinstein Company foram empurrados para 2018 em meio aos escândalos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio