“Eu tenho 100 histórias”, diz Natalie Portman sobre casos de abuso sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Natalie Portman (Jackie, Cisne Negro, Closer: Perto Demais) não ficou imune aos casos de abuso sexual ao longo de sua carreira e resolveu contar sobre eles em meio às diversas acusações contra pessoas de Hollwood.

Durante o Festival Vulture em Los Angeles, no dia 20 de novembro, Portman disse: “Quando eu vi tudo sendo exposto eu fiquei ‘Nossa, eu tenho tanta sorte de não ter acontecido nada disso comigo. Mas depois, refletindo, percebi que não necessariamente fui abusada mas fui discriminada ou assediada em quase todo trabalho que tive.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela continua: “Eu fui de ‘Nossa, não lembro de nada’ para ‘Não, espera, eu tenho 100 histórias’. E eu acho que muitas pessoas estão reprocessando essas questões. Isso faz parte do processo”.

Natalie Portman cita um exemplo de um produtor de Hollywood que a convidou para voar com ele em um jatinho privado com destino a um lugar que ela já estava indo. “Eu fui até lá e só estávamos nós dois e uma cama limpa no avião. Nada aconteceu, não fui abusada. Mas eu disse: ‘Isso não me deixa muito confortável’ e fui respeitada. Mas não foi definitivamente legal, sabe? Foi realmente inaceitável e manipulativo e poderia acontecer. Estava assustada, sabe?”, completa Portman.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio