Lena Dunham defende produtor da série Girls de acusação de assédio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Lena Dunham saiu em defesa do produtor Murray Miller, com quem ela trabalhou na série Girls, após Miller ser acusado violentar a atriz Aurora Perrineau.

Perrineu alega que o produtor teria a violentado em 2012, quando ela tinha apenas 17 anos. Dunham, junto da co-produtora de Girls, Jenni Korner, rebateu a acusação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Durante esse período de acusações necessárias que atingiram Hollywood, nós pudermos ouvir as vozes de diversas mulheres e seus relatos de experiência terríveis que são justificadas pela indústria” escreveu Dunham no começo de um relato publicado pelo Deadline.

“Porém, durante todo momento de mudança, há também incidentes culturais, no seu entusiasmo e zelo, atacando os alvos errados. […] Enquanto buscamos ouvir todas as mulheres, nosso conhecimento em relação ao senhor Murray nos leva a crer que esse caso é um dos 3% de casos de assédio mal informados todo os anos.” Ela termina a declaração dizendo estar ao lado de Murray Miller e que isto é uma vergonha, levando em relação a luta das mulheres de Hollywood.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio