Mais duas denúncias envolvendo o ator Jeremy Piven, conhecido pelo papel de Ari Gold na série Entourage apareceram nessa semana na imprensa internacional.

A publicitária Tiffany Bacon Scourby contou à revista People que o ator a atacou em 2013 no Trump International Hotel & Tower, na cidade de Nova Iorque. Segundo ela, “Eu lembro que eu estava vestindo essa blusa de gola alta branca e calça marrom e estava sentada próxima a ele no sofá. Nós estávamos conversando por uns cinco minutos e ele disse que estava esperando por seu assessor para se juntar a nós. De repente, ele pulou em cima de mim. Eu tentei tirar ele de cima e ele me forçou ao chão.” Ela disse que Piven expôs seu pênis, segurou as mãos dela e começou a se esfregar no corpo dela até ejacular.

Piven negou as acusações em um comunicado à revista, dizendo que nada aconteceu e que jamais forçaria uma mulher. Um representante do ator disse que ele passou por um teste de polígrafo e que agora está buscando ações legais.


A quarta acusação aconteceu quando uma entrevista em 2013 de Isis Taylor, descrita como uma atriz pornô do Havaí, para o jornal britânico Daily Mail voltou à tona. Ela disse que encontrou o ator em um evento pós-festa do Jogo das Estrelas da NBA (Liga de Basquete Americano) em 2011. Disse que quando falou que não o conhecia, ele respondeu: “Eu sou Jeremy Piven, você vive debaixo de uma pedra?” Logo depois, os dois foram para a parte externa fumar quando Piven mostrou seu pênis a ela. “De repente, ele disse: ‘Olha, tudo isso pode ser seu!’, apontando para seu pênis. Eu olhei para baixo e o pênis dele estava cheio de esperma.” Isis voltou para dentro após o ator mandá-la tocar nele.

Atualmente, Jeremy Piven faz parte do elenco principal da série da CBS, Wisdom of the Crowd, além de organizar o evento do Jogo das Estrelas da NBA.