Meryl Streep acusa Dustin Hoffman de apalpar seus seios sem permissão em teste de elenco

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Adicione Meryl Streep à lista de mulheres acusando Dustin Hoffman de assédio sexual – e não é nem de hoje que a estrela conta sua história.

Em um artigo da Time de 1979 (recuperado pelo site Slate), Streep conta a história de como conheceu Hoffman pela primeira vez: “Eu fui ao teste de elenco de uma peça que ele estava dirigindo. Ele veio até mim e disse: ‘Eu sou Dustin Hoffman’, e depois arrotou e apalpou meus seios. Eu pensei: ‘Que porco nojento’”, dizia Streep na entrevista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os dois famosamente contracenariam (e ganhariam, ambos, o Oscar) em Kramer vs. Kramer (1979), e o comportamento de Hoffman no set também não agradou à colega de elenco.

De acordo com um livro biográfico de Hoffman lançado em 2001 (Dustin Hoffman: Hollywood’s Antihero, de Jeff Lenburg), os métodos mais radicais do ator incluíam estapear de verdade Streep nas cenas de briga entre o casal divorciado que interpretavam.

“Ela tinha feito o trabalho dela e entendido a personagem, e disse ao diretor Robert Benson que ‘se ele queria usar seus métodos radiciais, que usasse nele e não nela’”, relembra o executivo Richard Fisch em entrevista ao autor do livro.

Hoffman foi acusado por outras três mulheres de assédio (veja aqui e aqui).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio