Susan Sarandon expressou uma opinião no mínimo impopular ao dar entrevista para o The Guardian, atacando a ex-candidata à presidência dos EUA Hillary Clinton, que perdeu a eleição para Donald Trump em 2016.

“Eu acho que ela é muito, muito perigosa. Nós ainda estaríamos praticando coisas que são ruins para o meio ambiente, nós estaríamos em guerra se ela fosse presidente. Não acho que seria muito mais tranquilo do que é agora”, disse a atriz.

Durante a campanha presidencial, Sarandon apoiou o adversário de Clinton para a vaga de candidato democrata à presidência, Bernie Sanders, cujas posições são definidas como mais “radicais” por críticos.


A atriz chegou a entrar em uma briga com a colega Debra Messing (Will & Grace) no Twitter, que voltou a tuitar ao ver a entrevista de Sarandon sobre Clinton. Em resposta, a atriz apenas escreveu: “Ah, pelo amor de Deus”.