Sylvester Stallone nega acusação de abuso feita por garota de 16 anos: “Nunca aconteceu”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Através de sua porta-voz, Michelle Bega, o astro de ação Sylvester Stallone negou veementemente a acusação de assédio e abuso sexual levantada por uma mulher que, na época do incidente ocorrido em Las Vegas no ano de 1986, teria 16 anos.

“Esta é uma história ridícula e categoricamente falsa. Ninguém sabia dessa história até ela ser publicada hoje, incluindo o Sr. Stallone. O Sr. Stallone nunca foi contatado pelas autoridades ou qualquer outra pessoa em relação a este assunto. Não aconteceu”, declarou Bega.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A jovem disse à polícia de Las Vegas que o astro de Rocky a “intimou” a participar de uma sessão de sexo a três que incluía o próprio Stallone e seu guarda-costas, Michael De Luca, em uma suíte do hotel Hilton. O relatório de polícia foi obtido pelo Daily Mail.

Stallone teria começado a fazer sexo com a adolescente e então convidado o guarda-costas para se juntar a eles. “Eu fiquei muito desconfortável”, disse a garota à polícia. “Senti que não tinha escolha nenhuma naquele momento”.

De Luca, que faleceu em 2013, forçou a jovem a fazer sexo oral e vaginal com ele. Stallone ainda teria ameaçado a garota de morte (“eu vou estourar sua cabeça”) a garota se reportagens sobre o sexo a três vazassem na imprensa.

A garota só falou com a polícia porque eles a localizaram após conversar com um empregado do hotel que contou do caso. “Eu não queria dizer nada porque me senti humilhada e assustada”, disse a jovem.

Na época, ela assinou um formulário para não fazer acusações formais contra Stallone.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio