“Tenho que fazer um mundo melhor para a próxima pessoa”, diz Amber Heard sobre violência doméstica

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Amber Heard, que está no elenco de Liga da Justiça como Mera, a esposa de Aquaman no universo DC, conversou com a revista Allure, onde ilustrou a capa, sobre violência doméstica.

“Eu não tenho que ficar parada, devo agir! Se eu não tenho um meio, eu vou correr atrás”, explica a atriz. “Eu tenho um corpo funcional e, como ser humano, é um dever meu fazer do mundo um lugar melhor em qualquer forma que eu puder. Eu sempre tentei fazer a coisa certa! Eu usei tudo que tive. Tinha de fazer melhor a para próxima pessoa”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ano de 2016, Amber entrou com divórcio contra o também ator Johnny Depp, sob acusações que Depp a teria agredido dentro de casa, o que o ator negou. Os arranjos legais da separação foram feitos recentemente e uma declaração de ambos foi anexada ao processo: “Nenhuma das partes fez falsas acusações para fins financeiros. Nunca ouve a intenção de ferir emocionalmente ou fisicamente”.

No entanto, Heard continua usando seus meios para dar suporte às vítimas de violência doméstica, e na entrevista, citou a importância de perceber um problema social que é o sexismo na sociedade, como uma jovem feminista. “Quando eu estava crescendo, minhas amigas tinham pôsteres do N’Sync e eu tinha propaganda feminista da segunda guerra. Nossas mães e avós trabalharam muito para criar um ambiente minimamente confortável. E eu sou agradecida por isso”. Em comparação às gerações anteriores, estamos muito bem. E claro, houve muito mais do que ações sexistas aqui… Eu estava tão errada!”, completou a atriz.

Liga da Justiça estreia em 15 de novembro no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio