O roteirista Aaron Sorkin contou sobre o que acha em relação à onda de acusações sexuais contra figuras importantes de Hollywood nos últimos meses.

Em entrevista ao canal CNN para falar sobre seu primeiro filme como diretor, A Grande Jogada, ele disse que apesar das denúncias contra Harvey tomarem conhecimento de todo agora, não tinha noção sobre essas questões antigamente: “Eu sabia que Harvey Weinstein era um cara irritadiço e isso não foi algo que eu quis colaborar, mas eu não sabia nada sobre os abusos sexuais até estupro. É horrível. Eu estou horrorizado e com um coração quebrado pelas vítimas”.

Aproveitando o tema, Sorkin comentou sobre o que acha da recente onda de acusações vindo à tona depois de Harvey: “Minha esperança é de que qualquer abusador sexual que ainda não foi identificado na indústria estejam suficientemente amedrontados até a morte pelo que está acontecendo. Quem foi identificado, recebeu a pena de morte em Hollywood”.


O filme de estreia como diretor, A Grande Jogada, estreia nos cinemas em 25 de dezembro de 2017.