Após ser acusado de assédio, Geoffrey Rush decide se afastar da Academia Australiana de Cinema

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Geoffrey Rush, ator famoso pela série Piratas do Caribe, decidiu se afastar da presidência da Academia Australiana de Cinema de Televisão depois de ter sido acusado de assédio sexual durante a produção da peça Rei Lear em 2015.

O ator negou a acusação de que teria tocado de forma imprópria uma das atrizes da peça, mas ainda assim optou por deixar o posto na Academia, uma vez que segundo ele “o clima atual de insinuações e relatórios sem justificativa” pede uma momento de pausa para esclarecer todas as coisas, conforme reportou o The Wrap.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Academia, por sua vez, também se pronunciou: “Nós estamos profundamente consternados com a situação e apoiamos o curso da ação que respeita tanto o direito de Geoffrey de presunção de inocência, quanto o do devido processo, mas também reconhece uma boa liderança nesses casos.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio