Astro de ação John Cena é processado por marca de carros de luxo e pode ter que pagar R$ 1.4 milhão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

John Cena, ex-astro da luta livre e ator de filmes de ação e comédias como Irmãs e Descompensada, foi processado pela divisão de carros de luxo da Ford por vender um veículo poucos dias depois de comprá-lo.

A venda não seria um crime por si só, mas o contrato assinado por Cena garantia que o carro ficaria em sua posse por pelo menos 24 meses. O modelo, um Ford GT 2017, vem com uma etiqueta de US$ 450 mil (ou R$ 1.4 milhão).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cena reconheceu seu erro e, em uma declaração oficial, se disse “disposto a cooperar com a empresa para que isso seja acertado longe dos tribunais”, onde ele poderia ser obrigado a pagar o valor do carro em indenização.

O contrato da Ford com Cena estipulava o tempo mínimo de permanência do astro com o carro para fins de publicidade, já que fãs do ator e lutador poderiam vê-lo dirigindo por aí com o modelo. As informações são do BleedingCool.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio