Diretor Bryan Singer, da franquia X-Men, é acusado de estuprar menino de 17 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a informação que as filmagens de Bohemian Rapsody, cinebiografia de Freddie Mercury, foi interrompida por causa de um problema de saúde de Bryan Singer, diretor do filme, no dia 1º de dezembro, veio a confirmação de que ele foi demitido.

E apesar da demissão supostamente ter sido por problemas de saúde, o histórico de denúncias de assédio que o diretor possui era um fator bastante provável na decisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E agora as coisas ficam ainda mais tensas, já que ele foi acusado de estuprar Cesar Sanchez-Guzman, que na época tinha 17 anos. De acordo com ele, o caso ocorreu em 2003.

De acordo com um representante de Cesar, Singer teria forçado o rapaz a fazer sexo oral nele, e quando confrontado sobre o caso, disse que ninguém acreditaria em Cesar, e que isso só traria problemas a ele. O caso supostamente ocorreu em uma festa dada por Singer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio