Fergie se abre sobre vício em metanfetamina: “Eu tinha alucinações”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Fergie falou francamente pela primeira vez sobre um período sombrio em sua vida, em que se viu viciada na droga metanfetamina.

“Eu sofria de psicose e demência induzidas quimicamente”, contou ela ao The Mirror. A estrela do Black Eyed Peas, de 42 anos, disse que começou a usar drogas quando era adolescente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu tinha alucinações diariamente. Levou um ano depois de sair dessa droga para que os produtos químicos no meu cérebro saíssem e eu parasse de ver coisas. Eu ficava sentada lá, vendo uma abelha ou um coelho aleatório”, relatou.

“A droga era muito divertida… até o momento que deixou de ser. Mas agradeço por isso ter acontecido comigo, porque essa é a minha força, minha fé, minha esperança de algo melhor”, disse ainda.

Fergie, que lançou seu segundo álbum solo, Double Dutchess, nesse ano, anunciou recentemente a separação do marido Josh Duhamel (Transformers).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio