A atriz Gwyneth Paltrow revelou ter descoberto recentemente que o produtor Harvey Weinstein dizia ter feito sexo com ela para convencer atrizes no início de suas carreiras a fazerem o mesmo.

“Ele não é a primeira pessoa a mentir sobre ter dormido com alguém, mas ele usou essa mentira como uma arma de assédio”, afirmou em entrevista ao jornal The New York Times.

Demitido de sua empresa e internado em uma clínica de reabilitação, Weinstein é alvo de mais de 60 acusações de assédio e estupro por várias mulheres. Quando as acusações vieram a público, Paltrow revelou que foi assediada pelo produtor quando tinha 22 anos e estava no início de sua carreira em Hollywood.


O episódio com Paltrow levou Brad Pitt, então namorado da atriz, a confrontar Weinstein e ameaçar agredi-lo, segundo a revista People.