Katy Perry vence processo contra freiras que se recusaram a lhe vender convento

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Katy Perry venceu um processo contra as freiras de um convento localizado em Los Angeles (EUA) que ela tenta comprar desde 2015.

De acordo com a BBC, as duas freiras que comandam o local, Irmã Rita Callanan e Irmã Catherine Holzman, haviam inicialmente concordado em vender o convento para Perry por US$ 14.5 milhões (R$ 46.9 milhões), mas voltaram atrás quando pesquisaram a cantora no Google.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu vi os vídeos dela. Não gostei nada”, disse a Irmã Callanan à reportagem da BBC. A imagem “sensual” da cantora seria o motivo para a recusa.

No entanto, as freiras do convento em questão não tinham permissão da arquidiocese de recusar a proposta de Perry, e a cantora resolveu processá-las com o apoio da Igreja Católica. Nessa terça (05), o juiz decidiu a favor de Perry.

Ao invés da cantora, as freiras haviam vendido a propriedade para o magnata dos restaurantes Dana Hollister.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio