Matt Damon diz que assédio e abuso sexual deveriam ser julgados “de formas diferentes”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Matt Damon fez alguns comentários controversos em entrevista ao site Popcorn, indicando que ele acredita que as denúncias de assédio e abuso sexual em Hollywood precisam ser vistas em um “espectro”.

O astro de Onze Homens e Um Segredo explica: “Eu acho que é maravilhoso que as mulheres se sintam empoderadas para contar suas histórias, e muito necessário, mas há uma diferença entre dar um tapinha no bumbum de alguém e estupro ou pedofilia, certo?”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ambos os comportamentos precisam ser confrontados e erradicados, sem dúvida, mas eles não deveriam ser postos ‘no mesmo saco’. Quando você Al Franken tirando uma foto com as mãos na jaqueta daquela mulher, onde estariam os seios, e rindo para a câmera, é claro que é uma piada horrorosa. É errado, e ele não deveria ter feito aquilo”, diz ainda.

Franken, um senador pelo partido democrata que passou parte de sua juventude como comediante e roteirista do Saturday Night Live, renunciou a sua posição após múltiplas denúncias de assédio sexual.

“Por outro lado, quando você lê as coisas das quais Harvey [Weinstein] é acusado, não há fotos disse, e por um motivo! Ele sabia que o que ele fazia era errado. Não há testemunhas. Não há nada sobre ele se gabando do que fez. São coisas secretas, porque são criminosas. Essas duas coisas não pertencem a mesma categoria. Eles devem ser julgados de formas diferentes”, completa Damon.

Weinstein, com quem Damon trabalhou em diversos filmes (incluindo o seu papel revelação em Gênio Indomável, pelo qual venceu um Oscar de roteiro ao lado do amigo Ben Affleck), foi acusado por mais de 60 mulheres de comportamento inapropriado que varia entre assédio sexual no ambiente de trabalho e estupro.

Salma Kayek diz que Weinstein a obrigou a filmar cena de sexo lésbico

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio