A atriz Rene Russo, conhecida por papeis em filmes como Thor e O Abutre, não está surpresa com os recentes casos de abuso sexual. Segundo Russo, ela já testemunhava casos assim muito antes de serem evidentes.

Em entrevista ao site Yahoo Live & Style, para promover seu próximo filme Vila Capri, com Morgan Freeman e Tommy Lee Jones, Russo contou uma história em que estava em uma ilha à noite no Caribe, em que um carro com cinco homens se aproxima e parando logo à frente, bloqueando a rua. Então, quatro deles saíram em direção a ela e um ficou em sua frente e outro atrás. “Deve estar de sacanagem”, pensou Rene. “Me mate agora, eu não vou entrar naquele carro”.

E um deles veio e se aproximou falando francês, mas Russo o confrontou, gritando muito alto e o empurrando, os fazendo irem embora.


Depois de narrar esse evento, ela completa logo depois: “Naqueles dias, se for comunicado à polícia, ela iria até o velho nojento na rua e depois iria para a casa da menina molestada – na minha vizinhança, eram algumas – e dizia: ‘Olha, fique longe, sabe? Charlie desce a rua nessas horas. Foi assim que aconteceu na minha vizinhança. Então, eu estou surpresa que as pessoas estejam surpresas por mulheres serem agredidas e agarradas. Sério? Porque foi assim que cresci.”, completou Rene Russo.