Taylor Swift manda recado para vítimas de assédio sexual: “A culpa não é sua”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Taylor Swift fez parte da matéria da Revista TIME que elegeu os “quebradores de silêncio” como as Pessoas do Ano, se referindo a homens e mulheres que denunciaram abuso e assédio sexual em várias indústrias durante 2017.

Swift venceu nesse ano um processo contra o DJ David Mueller, que ela alega ter apalpado seu traseiro durante um evento de rádio em 2013. Mueller foi obrigado a pagar a quantia simbólica de 1 dólar para Swift, e (é claro) perdeu o emprego.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Apesar da consciência das pessoas quanto a assédio sexual no ambiente do trabalho estar mairo do que nunca, ainda há tanta gente que se sente vitimizada, com medo e silenciada por seus abusadores e suas circunstâncias”, disse a estrela.

“Meu conselho para essas pessoas é: a culpa não é sua, e você não deve aceitar quando as pessoas tentam colocar a culpa em você. Você não pode ser culpado por esperar 15 minutos, 15 dias ou 15 anos para reportar um assédio sexual, ou pelo que acontece com uma pessoa que você acusa”, completou.

Saiba mais da matéria da TIME elegendo as Pessoas do Ano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio