Advogados de Bill Cosby querem que acusação de estupro seja retirada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os advogados do comediante Bill Cosby entraram com duas ações na justiça nessa sexta (26) para tentar fazer com que as acusações de estupro contra o astro fossem retiradas antes mesmo dele aparecer no tribunal para responder por elas em abril.

Segundo os advogados, não há provas de que Cosby de fato drogou e estuprou a ex-jogadora de basquete Andrea Constand entre dezembro de 2003 e janeiro de 2004.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista anterior, Cosby havia alegado que o encontro sexual entre eles havia sido consensual, mas agora os advogados apresentam registros de viagem e outras “evidências” de que o encontro nem mesmo poderia ter acontecido na data especificada pela acusadora.

Além disso, os advogados acusam seus adversários no tribunal de omitir ilegalmente o depoimento de Marguerite Jackson, uma ex-colega de time de Constand, que disse que a acusadora lhe confessou que estava mentindo.

Em julho de 2017, a primeira tentativa de julgamento contra Cosby acabou sem uma conclusão definitiva, com o juiz declarando que uma segunda sessão no tribunal deveria acontecer em abril desse ano.

Bill Cosby faz show de comédia pela primeira vez desde escândalos de assédio sexual

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio