Publicidade

Agência demite dublê acusado de assediar atriz de True Lies

Publicado por Pedro Vieira

14/01/2018 20:09

No sábado (13), a atriz Eliza Dushku revelou que foi assediada sexualmente aos 12 anos por um coordenador de dublês durante as filmagens do filme True Lies.

Joel Kramer, o acusado de assédio e que também trabalha ele próprio como dublê, negou a acusação, mas isso não adiantou, e a Worldwide Production Agency (WPA), agência em que Kramer trabalhava, resolveu demiti-lo.

“WPA encerrou todas as ligações que tinha com Joel Kramer, com base numa alegação de má conduta. Tal conduta é inaceitável e trabalhamos inteiramente com a boa conduta nossa, e esperamos o mesmo de nossos clientes” disse um comunidade da agência publicado pelo Deadline.

Kramer trabalhou em diversos filmes ao longo dos anos, sendo o mais recente, Blade Runner 2049.

Publicidade