Alec Baldwin defende Woody Allen: “Ele foi investigado e inocentado”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Alec Baldwin partiu em defesa do diretor e roteirista Woody Allen em seu Twitter, após uma série de intérpretes declararem-se arrependidos de trabalhar com o cineasta.

Woody Allen foi investigado por dois estados e nenhuma acusação foi sustentada. A renúncia dele e de seu trabalho, sem dúvida, serve a algum propósito. Para mim, no entanto, ela é injusta e triste. Eu trabalhei com Woody Allen três vezes, e foi um dos privilégios de minha carreira”, escreve.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Baldwin atuou sob o comando de Allen em Para Roma, Com Amor (2012) e Blue Jasmine (2013).

Selena Gomez, Jude Law (The Young Pope), Elle Fanning (Malévola) e Timothee Chalamet (Me Chame Pelo Seu Nome) estão no elenco do próximo projeto de Allen, ainda sem título ou detalhes da trama.

Chalamet vai doar salário para organizações de caridade

Allen foi acusado em 1992 de abusar de sua filha, Dylan Farrow, que ele havia adotado ao lado da então esposa Mia Farrow.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio