Publicidade

Catherine Deneuve pede perdão às vítimas de assédio que ofendeu

Publicado por Pedro Vieira

14/01/2018 21:24

Catherine Deneuve, atriz conhecida por trabalhos em A Bela da Tarte, Dançando no Escuro, 8 Mulheres  muitos outros filmes, foi uma das mulheres que assinaram um manifesto contra a campanha #MeToo, declarando o direito dos homens de flertarem. Criticada, a atriz voltou a falar sobre o caso.

Em uma publicação do jornal Libération, a atriz voltou a afirmar que assinou o manifesto contra o #MeToo, mas pediu desculpas ” a todas as vítimas de atos odiosos que ela possa ter ofendido”.

Ela tentou então esclarecer sua posição quanto ao problema dos assédios sexuais: “Sim, eu gosto de liberdade. O que eu não gosto é dessa característica do nosso tempo aonde todo mundo acha que tem o direito de julgar e condenar. Um tempo no qual simples denúncias em redes sociais geram punições”.

A atriz voltou a dizer que acredita que seu texto contra o #MeToo é importante, principalmente nos tempos atuais, onde as palavras podem ser facilmente distorcidas. Ela ainda deu um recado a alguns de seus apoiadores: “Aos conservadores, racistas e tradicionalistas, de todos os tipos e que estrategicamente me vieram apoiar, gostaria de lhes dizer que não me enganam. Eles não terão nem a minha gratidão nem a minha amizade, pelo contrário”.

Protestos contra assédio rendem Globo de Ouro mais visto desde 2014

Publicidade