A estrela Emily Blunt contou à revista Vanity Fair, da qual será capa na edição de fevereiro (confira a capa, lançada pelo E!News, mais abaixo), que se recusa a tirar selfies com fãs.

“Foi uma coisa que Frances McDormand me disse uma vez. Eu amo tanto essa mulher. Ela disse que, sempre que um fã pede por uma foto na rua, ela diz: ‘Sabe qual é? Eu me aposentei de fotos. Mas eu adoraria apertar sua mão e conversar com você'”, conta Blunt.

“Eu acho que isso é mais genuíno, e prefiro conversar. Hoje em dia, encontrar alguém famoso é mais uma moeda de troca por popularidade nas redes sociais do que uma experiência genuína”, continua.


A atriz de filmes como Sicario e O Diabo Veste Prada ainda conta que o marido, John Krasinki, tem um contato mais “casual” com os fãs. “Ele interpretou um cara muito simpático por anos em The Office, então as pessoas se aproximam dele já gritando ‘Jim!'”, brinca.

Blunt retorna aos cinemas com Um Lugar Silencioso, terror em que atua ao lado do marido, marcado para 6 de abril de 2018 nos EUA – sem data no Brasil.

Emily Blunt revela inspiração para viver Mary Poppins