Filha adotiva de Woody Allen dá 1ª entrevista sobre alegações feitas ao cineasta: “Estou falando a verdade”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dylan Farrow, filha adotiva de Woody Allen, que denunciou o cineasta em uma carta aberta em 2014, no qual alegava que sofreu abusos sexuais dele, veio à público dar a primeira entrevista, confirmando que as alegações são verdadeiras.

Em entrevista para o programa CBS This Morning nessa terça-feira, 16 de janeiro, Farrow aproveitou a atual situação de denúncias de assédio sexual, abuso e estupro em Hollywood nos últimos meses, dando origem aos movimentos #MeToo e Time’s Up, para reforçar a veracidade dos eventos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Farrow contou: “Estou crente e eu estou dizendo a verdade e eu acho que é importante que as pessoas perceberam que a vítima, a acusadora, importa. E que fazem o suficiente para mudar as coisas”.

Harvey Weinstein foi um dos homens que ruiu após diversas alegações de abuso sexual, assédio e estupro vieram à tona contra o ex-produtor. Dylan então comentou o caso: “O que levou Harvey Weinstein e outras celebridades acusadas a serem ejetadas de Hollywood, enquanto Allen recentemente conseguiu uma distribuição milionária pela Amazon, além de outras reivindicações concedidas a ele, antes de ser suspenso pela própria depois das acusações de assédio?”

Timothée Chalamet contou recentemente que doará seu salário do filme A Rainy Day in New York para os movimentos Time’s Up, o centro LGBT em Nova York e organização anti-assédio sexual RAINN.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio