Massagista faz nova acusação de assédio sexual contra Stan Lee

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O quadrinista Stan Lee, conhecido como o “pai” dos personagens da Marvel, que aparece frequentemente em pontas nos filmes e séries da editora, foi acusado mais uma vez de assédio sexual.

Após publicar uma matéria que clamava que uma empresa de enfermeiras havia recebido várias reclamações das profissionais que trabalharam com Lee, o Daily Mail divulgou nova acusação vem de uma massagista que foi contratada por Lee em Chicago.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Lee e seu agente, Max, chamaram a massagista no quarto de hotel. Chegando lá, a mulher clama que eles estavam ambos bêbados, e Stan pediu para fazer sexo com ela. Quando ela recusou e começou a massagem, o quadrinista se masturbou enquanto ela fazia o seu trabalho”, descreve a matéria.

“Embora algumas pessoas possam achar que Stan é um homem velho e frágil, isso não é verdade”, diz uma fonte do veículo. “Ele é muito forte para a sua idade, e ainda está bastante lúcido. Esse tipo de comportamento está acontecendo há anos, e o incidente com a massagista foi antes da morte de sua esposa”.

Lee tem 95 anos e perdeu a esposa em 2017 – relembre.

Stan Lee sofre golpe de cheque falso e pode perder US$ 300 mil

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio